COLUNA PORTUGUESA: Destaques da rodada da Liga Sagres

DOMINGO,17 JANEIRO 2010

Liga Sagres: Sp. Braga vence em Coimbra  

 O Sp. Brag a venceu na deslocação ao terreno da Académica, por 2-0, golos de Meyong (g.p.) e Matheus. Após este resultado, os «arsenalistas» permanecem no primeiro lugar.

Depois de um início muito táctico, Mossoró aproveitou um despique dentro da área com Pedrinho para ganhar uma grande penalidade. Meyong não desperdiçou, colocando o Sp. Braga em vantagem. Aliás, o equilíbrio foi a nota dominante durante a primeira parte.

No segundo tempo a Académica tentou reagir, aproveitando a má entrada do Braga, mas foi a equipa da cidade dos Arcebispos que criou as melhores ocasiões para aumentar a vantagem. Aos 90 minutos Matheus, de livre directo, aproveitou o facto de Licá, ter sido adaptado a guarda-redes, após a expulsão de Rui Nereu, para elevar a contagem.

O Braga aumentou a vantagem sobre os dragões e distancia-se provisoriamente do Benfica, que joga ainda esta noite.

 O Leixões venceu o Belenenses este domingo, no Restelo (3-1), deixando os azuis do Restelo isolados na última posição, com apenas onze pontos.

O jogo ficou marcado pela expulsão de Diakité, ainda na primeira parte, no lance que deu origem ao primeiro golo do Leixões, apontado por Hugo Morais, de penalty. Na segunda parte, Pouga e o reforço de Inverno Didi ampliaram a vantagem dos matosinhenses, antes de Yontcha apontar o tento de honra dos visitados, nos descontos.

A equipa de José Mota, que partilhava a lanterna vermelha com o seu adversário desta tarde, sai assim da zona de descida e, somando 14 pontos, ultrapassa o V. Setúbal, que tem menos um.

Liedson voltou e…resolveu

Liedson voltou aos relvados e aos golos, ao bisar na partida desta noite frente ao Nacional da Madeira. A equipa leonina acumulou a quinta vitória consecutiva na Liga Sagres.

Ruben Micael abriu contagem em Alvalade aos 23 minutos, mas Miguel Veloso, um minuto depois, voltou a empatar a partida.

Saltou então para o rectângulo de jogo o Levezinho, que voltou aos golos, aos 60 e 73 minutos.

A seis minutos dos 90 Edgar Silva ainda reduziu, mas não foi suficiente para evitar a derrota. O Sporting venceu o Nacional da Madeira, afastou-se dos madeirenses na classificação e ficou mais perto do FC Porto.

Paços de Ferreira “rouba” dois pontos ao FC Porto

O FC Porto empatou esta noite com o Paços de Ferreira a um golo, no Estádio do Dragão, em jogo da 16ª jornada e onde os campeões nacionais estiveram sempre por cima, seja nas oportunidades como na vontade de marcar. A equipa de arbitragem acabou por ser… mais uma vez a pior em campo.

Maykon deu vantagem aos pacenses, ao minuto 83, mas só durou três minutos. Aos 86′, Falcao respondeu bem a um cruzamento de Varela e empatou.

Na primeira parte Falcao já tinha marcado, aos 23 minutos, mas o golo foi mal anulado por fora de jogo inexistente.

Já nos instantes finais, a jogar com apenas três defesas e quatro avançados, o FC Porto teve várias oportunidades para garantir a vitória, mas o guarda-redes Cássio segurou o empate para o Paços com espectaculares defesas.

Liga Sagres: Olhanense venceu Naval por 1-0

O Olhanense voltou a sentir o sabor da vitória na Liga Sagres, ao vencer, em casa, a Naval 1º de Maio, por 1-0, com golo de Castro aos 51 minutos, em jogo a contar para a 16ª jornada.

A vitória assegura ao Olhanense 14 pontos, que lhe permitem fugir aos dois últimos lugares da tabela, onde estão o Belenenses e o Leixões.

Benfica goleia o Marítimo

O Benfica igualou pontualmente o Sp. Braga, após nova goleada (0-5) sobre o Marítimo, no Funchal. Saviola, Maxi Pereira, Cardozo, Roberto Sousa (auto-golo) e Luisão fizeram os tentos encarnados.

O jogo fica marcado pelas duas expulsões no Marítimo, de Olberdam, por palavras dirigidas ao árbitro, e de Robson, que cortou com a mão dentro de área, após remate de Cardozo.

Quem aproveitou foi o Benfica que inaugurou o marcador aos 29′ por Saviola, Maxi Pereira fez o 2-0 seis minutos depois e por fim Cardozo, de grande penalidade, fez o 3-0 em cima do intervalo. No segundo tempo os encarnados foram novamente superiores e fizeram mais dois golos. Primeiro foi Roberto Sousa, aos 49′, a fazer o 4-0 na própria baliza e vinte minutos depois Luisão, de cabeça, fez o 5-0 final.

Liga Sagres – Equipas sensação da primeira volta

Com a primeira metade do campeonato cumprida, é hora de se fazer um pequeno balanço sobre o que se passou nas primeiras 15 jornadas da Liga Sagres. Quem surpreendeu, quem desiludiu. Quem merece o seu devido destaque, pelas melhores, e também, pelas piores razões.

EQUIPAS SENSAÇÃO

SPORTING DE BRAGA

Os minhotos surpreenderam e continuam a surpreender a cada jornada que passa. Nenhuma outra equipa em Portugal causou tanta surpresa nesta primeira metade de campeonato. Com 15 jornadas disputadas, a formação de Domingos Paciência, continua a morder os calcanhares aos verdadeiros candidatos. E, vai-se mantendo para já, na liderança, a par do Benfica. A época até nem começou da melhor maneira. Duas derrotas na pré eliminatória da Liga Europa, diante dos suecos do Elfsborg, atiraram com os arsenalistas para fora das competições europeias. Começava mal, o novo técnico do Braga. Mal sabiam os adeptos bracarenses o que ainda estava para vir. Ultrapassados os dois primeiros encontros oficiais e a consequente eliminação. O Braga arrancou para um início de campeonato, invulgar, histórico, e, acima de tudo, demolidor. Sete vitórias consecutivas. O Rio Ave pode-se orgulhar de ter sido a primeira equipa a roubar pontos aos minhotos. Foi na jornada 8, na deslocação a Vila do Conde, num empate a um golo, que o Rio Ave, colocou um travão na serie vitoriosa dos pupilos de Domingos. A primeira derrota só viria a aparecer no derby do Minho, duas jornadas depois. Jornada 10, o sensacional Braga caía pela primeira vez na Liga, no confronto com o Vitória, ao perder por 1-0 no Afonso Henriques. A primeira volta foi 100% vitoriosa para o Braga, no que diz respeito aos desafios ante os três grandes. Triunfos em Alvalade por 2-1. No Axa frente ao Porto por 1-0. E, ainda, diante o Benfica por 2-0, também no seu terreno. Os bracarense fecham a primeira volta com 36 pontos, os mesmos que os encarnados. Resultantes de 11 triunfos ; três empates e apenas uma derrota. Marcaram 21 golos e sofreram só 6 (melhor defesa). Primeira volta de sonho para o Sporting de Braga !!! Divide o topo com o Benfica !!!

UNIÃO DE LEIRIA

Poucos esperariam que, quando a primeira volta da Liga estivesse completa, a União de Leiria ocupasse a cómoda sétima posição da tabela classificativa. O principal objectivo de uma equipa que regressa ao escalão máximo do futebol português, é sempre a manutenção. E nada mais que isso. Só que por vezes, o bom trabalho desenvolvido pela estrututa de um clube : plantel ; equipa técnica e direcção, dá os seus frutos. Este tem sido o lema dos leirienses nos últimos meses. Quando se tem sucesso, ou vice versa, todos têm a sua quota parte de responsabilidade e importância. Porém, na maioria das vezes, há sempre alguém que se destaca mais. Esse alguém, foi Manuel Fernandes. Actualmente no comando técnico do Vitória de Setúbal. Foi ele quem conduziu o clube ao principal escalão na temporada transacta. E, também, foi ele quem preparou toda a época desportiva 09/10. Escolheu os jogadores, e inciou a temporada. Permaneceu em leiria até à jornada número 7. O seu último jogo no comando da União, resultou numa derrota por 3-2, na deslocação a Matosinhos. Lito Vidigal deixou para trás a bela campanha que estava a realizar na Liga Vitalis ao serviço do Portimonense, para comandar os leirienses. Pode-se dizer que não tem defraudado a quem nele apostou. Tem se limitado a dar seguimento ao bom trabalho do técnico anterior. No confronto com os grandes na Liga, o Leiria venceu em Alvalade por 1-0. Perdeu no Dragão por 3-2 e em Leiria diante o Benfica por 2-1. A equipa tem mostrado que esta temporada pode-se bater com qualquer emblema nacional. Venceu o Sporting e, vendeu cara as derrotas frente a Benfica e Porto. Todas as duas pela Margem Miníma. Vale a pena seguir um grupo de jogadores que têm dado que falar. Um deles, dispensa apresentações. Carlão é a estrela da companhia. A União fecha a primeira volta com 20 pontos. Cinco vitórias, cinco empate e cinco derrotas. Marcou 19 golos, sofreu 16. Ocupa o sétimo lugar.

RIO AVE

É bastante comum olhar para a tabela classificativa e vislumbrar a formação de Vila do Conde, entre as equipas que lutam para se manterem no principal escalão. Menos usual é, olhar para o meio da tabela, e encontrar lá o Rio Ave. Pois é precisamente entre o meio da tabela, e os lugares cimeiros, que podemos encontrar o conjunto de Vila do Conde esta temporada. Carlos Brito, João Tomás e companhia, completam o top 3 das equipa sensação da primeira volta da Liga Sagres. Os Vilacondenses terminaram a primeira metade na surpreendente oitava posição com 19 pontos, os mesmos que o Marítimo e, a cinco pontos do quarto lugar, que é ocupado pelo Sporting. Carlos Brito é um dos grandes responsáveis pela brilhante campanha do Rio Ave. O técnico Vilacondense, começa a mostar que tem condições suficientes para comandar uma formação com outro tipo de objectivos, que não os da manutenção. É uma questão de oportunidade. O Rio Ave está bem e recomenda-se. Mas, se há jogadores que têm sido decisivos nesta formação, um deles é : João Tomás (melhor marcador da equipa). O antigo ponta de lança da Académica e do Benfica, além da importância que tem na manobra atacante da equipa, pelo seus dotes de goleador. Também é de uma utilidade extrema por ser um dos mais experientes. É uma autêntica voz de comando no balneário, dentro das quarto linhas e, é sempre um exemplo para os mais novos. O Rio Ave tal como outras equipa do nosso campeonato, é uma mescla de experiência e Juventude. Carlos Brito tem sido inteligente na forma como conseguiu e consegue, juntar o talento e a irreverência dos mais novos, com a experiência e sabedoria dos jogadores mais velhos que compoêm o plantel. Derrotas frente ao Porto e Benfica pela margem miníma. Empates caseiros diante do Braga e do Sporting. Quatro triunfos, sete empates e quatro derrotas. O Rio Ave marcou por 13 vezes na Liga e sofreu 12 golos. Ocupa o oitavo lugar com 19 pontos. Este foram os números do Rio Ave nestas 15 jornadas.

        THIAGOPSIMOES           

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: