Palmeiras tem proposta para levar Kléber

O gerente de futebol do Palmeiras, Toninho Cecílio, e o empresário do atacante Kléber, Giuseppe Dioguardi, estiveram nesta quinta-feira na Toca da Raposa, em Belo Horizonte. O assunto em pauta: a negociação do Gladiador. A diretoria alviverde ainda alimenta o sonho de recuperar o jogador que brilhou no clube em 2008 e já tem em mãos uma boa proposta financeira para tentar seduzir o time mineiro. A ideia é comprar parte dos direitos do goleador do Cruzeiro.

O presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, não esconde de ninguém que sonha em trazer Kléber de volta ainda em seu mandato, que chega ao fim no começo do próximo ano. O atacante nunca saiu da pauta do Alviverde. A tática nos últimos dias foi esfriar os ânimos da torcida palmeirense, mas o dirigente mantém contatos frequentes com Dioguardi.

Belluzzo possui um ótimo relacionamento com o agente do jogador e passou as últimas semanas arquitetando a melhor maneira de tirar o atleta do Cruzeiro.

O atual elenco do Verdão carece de atacantes, especialmente depois que Vágner Love decepcionou dentro de campo. A Traffic, parceira do Palmeiras nos últimos anos, não seria envolvida na negociação, de acordo com a estratégia montada pelo dirigente. O Alviverde tem engatilhada outras fontes de recursos.

A negociação com o time mineiro está apenas no começo e é difícil de ser realizada, segundo o LANCENET! apurou, já que existem outros clubes interessados, como o Flamengo, que vai disputar a Libertadores-2010.

A troca de jogadores também é uma possibilidade que as duas partes negociam. O atacante Vagner Love, por exemplo, poderia ser envolvido como moeda de troca, embora o desejo do atleta seja defender o Rubro-Negro na competição sul-americana.

No fim do ano passado, o Verdão tentou uma troca envolvendo Diego Souza. Mas a Traffic, dona do meia, não aceitou conversar. A Raposa chegou a pedir também Cleiton Xavier, o que a parceira também não topa, nem o Palmeiras.

Kléber se reapresentou nesta semana na Toca da Raposa, para o início da pré-temporada, mas isso não é uma garantia que ele vai continuar. Para permanecer em Belo Horizonte, o camisa 30 deseja um reajuste salarial, já que ainda possui mais quatro anos de contrato. Ele já admitiu que pode deixar o Cruzeiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: