Pérolas do Futebol

“A bola ia indo, indo, indo… E iu!!!
(Paulo Nunes, comentando um gol que marcou quando jogava no Palmeiras)

“Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola”.
(Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo).

“No México que é bom. Lá, agente recebe semanalmente de 15 em 15 dias”.
(Ferreira, ex-ponta esquerda do Santos) .

“Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe”.
(Jardel, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção, hoje no Porto de Portugal)

“Clássico é clássico e vice-versa”.
(Jardel)

“O meu clube estava à beira do precipício, mas tomou a decisão correta: deu um passo à frente”.
(João Pinto, jogador do Benfica de Portugal)

“A moto eu vou vender e o rádio eu vou dar para minha avó”.
(Biro Biro, ex-jogador do Corinthians, ao responder a um repórter o que iria fazer com o “Motoradio” que ganhou como melhor jogador da partida)

“Eu disconcordo com o que você disse”.
(Vladimir, ex-meia do Corinthians, em uma entrevista à Rádio Record)

“O difícil, como vocês sabem, não é fácil”.
(Vicente Matheus)

“Eu peguei a bola no meio de campo e fui fondo, fui fondo, fui fondo e chutei pro gol!”
(Jardel, ex-jogador do Vasco e Grêmio, ao relatar ao repórter o gol que tinha feito)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: